Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

terça-feira, 20 de março de 2012

Coluna - MIGUEL TORGA

Paralelo ao destino
Inteiro ou mutilado
Doutros irmãos,
O fuste, a prumo, vai da terra ao céu,
Da base ao capitel.
Os dentes do cinzel
E a mão crispada
Deixaram no granito
A imagem figurada
Dum sobranceiro grito
Da condição humana,
Erguido na planície alentejana.

EM - POESIA COMPLETA VOL. I - MIGUEL TORGA - DOM QUIXOTE

Sem comentários:

Enviar um comentário