Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

XII - ALBERTO CAEIRO

Os pastores de Virgílio tocavam avenas e outras cousas
E cantavam de amor literariamente
(Dizem - eu nunca li Virgílio.
para que o havia eu de ler?).

Mas os pastores de Virgílio, coitados, são Virgílio,
E a Natureza é bela e Antiga.

EM - POESIA - ALBERTO CAEIRO - ASSÍRIO & ALVIM

Sem comentários:

Enviar um comentário