Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Véu negro - DULCE ANTUNES

Véu negro no meu corpo
Seda escorre na minha pele
Deito-me em nuvens e caminho sobre espinho,
Espinhos que estão cravados no meu caminho.
Véu negro que me cobres o peito
Dor adormecida neste escuridão
São longas as noites em cetim preto,
Com sonhos perfumados pela imaginação.
Véu negro pintas o meu céu.
E tudo vejo em névoas cinzentas
Até o frio da noite me acordar
Deste sonho de desassossego
Caminhos irei sempre percorrer
Coberta pela tua luz, meu véu negro.

EM - POEMA EM TI - DULCE ANTUNES - TEMAS ORIGINAIS

Sem comentários:

Enviar um comentário