Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Convalescença - MIGUEL TORGA

Hora a hora,
Nasce outra vez em mim a vida.
Devagar,
Como um gomo de vide a rebentar,
Cobre de verde a cepa ressequida.

É um fruto que acena?
É uma flor que há-de ser?
- Fui eu que disse que valia a pena
Viver!

EM - POESIA COMPLETA VOL. I - MIGUEL TORGA - DOM QUIXOTE

Sem comentários:

Enviar um comentário