Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Hora marcada - INÊS LOURENÇO

À hora marcada
não estarei lá. Darei uma qualquer
desculpa: gripe, viagem, confusão de
datas. Nenhuma batuta espera
por mim no estrado da orquestra, nenhuma
criança aguarda no berço
pelo alimento urgente. Nem nenhum Brel
entoará: Ce soir j'attendait Madeleine,
Madeleine ne viendra pas.

EM - COISAS QUE NUNCA - INÊS LOURENÇO - &ETC

Sem comentários:

Enviar um comentário