Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Quadras - FERNANDO PESSOA


I

A terra é sem vida, e nada
Vive mais que o coração...
E envolve-te a terra fria
E a minha saudade não!

II

Morto, hei-de estar ao teu lado
Sem o sentir nem saber...
Mesmo assim, isso me basta
P'ra ver um bem em morrer.

III

Já duas vezes te disse
Que nunca mais te diria
O que te torno a dizer
E fica para outro dia.

IV

O vaso do manjerico
Caiu da janela abaixo.
Vai buscá-lo, que aqui fico
A ver se sem ti te acho.

V

Baila o trigo quando há vento
Baila porque o vento o toca
Também baila o pensamento
Quando o coração provoca

VI

Quando ao Domingo passeias
Levas um vestido claro.
Não é o que te conheço
Mas é o que mais reparo.

VII

Dei-lhe um beijo ao pé da boca
Por a boca se esquivar.
A ideia talvez foi louca,
O mal foi não acertar.

VIII

A luva que retiraste
Deixou livre a tua mão.
Foi com ela que tocaste
Sem tocar, meu coração.

IX

Nuvem alta, nuvem alta,
Por que é que tão alta vais?
Se tens o amor que me falta,
Desce um pouco, desce mais!

X

Quando vieste da festa
Vinhas cansada e contente.
A minha pergunta é esta:
Foi da festa ou foi da gente?

in... Quadras - FERNANDO PESSOA - Assírio & Alvim

Site da editora aqui 

Sem comentários:

Enviar um comentário