Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Para Jimi Hendrix - MARIA ANDRESEN


Às vezes gosto de ouvir o teu rock, Hendrix,
o seu romântico limite, não tanto pela rave
como depois se disse, gosto da raiva ácida
a corroer o Hino
(o hino-rajada, sob o som da guitarra)

eras o exímio, o afincado
da corda o enamorado

eu quero sentir tudo de todas as maneiras
eu quero ser tudo de todas as maneiras

antes de ti outros o disseram
antes de ti outros o fizeram

de todas as maneiras, Jimi, até à partida
na pobreza do imoderado hino

in... Lugares,3 - MARIA ANDRESEN - Relógio D'Água

Site da editora aqui

1 comentário:

  1. O amor eterno é o amor impossível.
    Os amores possíveis começam a morrer
    no dia em que se concretizam.

    Eça de Queiroz

    Saudações Poéticas!! M@ria!

    ResponderEliminar