Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Especial - ANA CASANOVA



És pedaço de mim,
meu sangue, meu ser

Luz dos meus olhos,
razão do meu sorrir

És motivo de amor
e por ti morro
se tu sofres

Serei os teus olhos
e sempre a tua voz

Porque em ti escrevo
e por mim tu lês

És diferente sim
meu filho

de tão especial!

in... Desabafos d'alma - ANA CASANOVA - MoVandArt

Blogue da autora aqui

Site da editora aqui

3 comentários:

  1. Manu, muito obrigada.
    Incrivel o poema que escolheste. Este poema foi escrito na madrugada do aniversário do meu filho mais novo Gonçalo, hiperactivo com défice de atenção, uma imaturidade de cerca de 3 anos, disléxico e com problemas de disortografia.
    Tem 10 anos e ainda não sabe ler e escrever. Tem sido uma luta enorme que abracei de alma e coração e cada passo dado é para mim uma vitória.
    É com muita emoção que o encontro aqui.
    Logo de manhã e assim que lho li, ele entendeu perfeitamente a mensagem e abraçou-se a mim e disse: Amo-te muito mãe!
    Desde o dia do lançamento que leio este poema assim como em todas as tertulias e apresentações. Ele quando está presente, sorri todo orgulhoso e diz: É o meu poema!
    Queria que soubesses e sentisses o que estou a sentir neste momento.
    Hoje é dia de festa porque o meu César faz hoje 17 anos, o meu artista e autor da capa e fundos de pagina do "Desabafos d'Alma".
    Fui presenteada com esta tua apresentação da minha poesia neste espaço onde comungam tão grandes e maravilhosos escritores.
    Estou muito feliz! Um beijo muito grande.

    ResponderEliminar
  2. Olá Manu,
    Bonito poema ditado por um coração de mãe.

    Bjs dos Alpes

    ResponderEliminar
  3. Um belo texto. Poema desabafos da alma.
    Pedaços de mim.
    Muito obrigada pela sua visita.
    É com grande carinho que te recebo por lá e também retribuo a sua amizade.
    Passo rapidinho para deixar o meu grande abraço. Assim que puder voltarei. Um forte abraço.
    Carinhosamente,
    Sandra

    ResponderEliminar