Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

domingo, 27 de junho de 2010

V - EDUARDO MONTEPUEZ


Fujo das ondas de um mar alto e de outras imagens
Que avivam a minha memória perdida
De azuis palidos e verdes ondulados
Que cobrem a maresia do meu corpo
Como regaços, rios ou planícies do tempo
Esquecido. Deito-me no acreditar - estímulo em dó maior
Das músicas de utras vozes - trovas amadurecidas.
Fujo dos nadas, que construí
Com uma barca; hei-de cruzar as impetuosidades
Do mar supremo; como ninguém
Conseguirá. E nas músicas da vida
Tocarei sete instrumentos. Pedirei alentos,
Às nuvens e aos ventos
Que no mistério do deserto
Guardarão segredos nunca pensados
Entre sábios prosadores. Cantarei sôfrego. Escutarás-me
Gaivota solitária, nos céus e nas montanhas.

in...Metamorfose do corpo - EDUARDO MONTEPUEZ - Temas Originais

Site da editora aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário