Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Canção do oboé - ANTÓNIO GEDEÃO


Habita no meu sangue como um solo de oboé.
Inexistente e imaginada
é toda feita de nada
mas necessária como o ar que não se vê.

Com os pés alados das semicolcheias
que estravasam da pauta,
baila no estrado olímpico das veias,
descontraída, turbulenta, incauta.

Oiço-a acordado e sinto-a adormecido
nas ondas largas que no sangue vão
como o transístor que se encosta ao ouvido
e apenas ouve quem o tem à mão.

in... Obra completa - ANTÓNIO GEDEÃO - Relógio D'água

Site da editora aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário