Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

24 - JAIME ROCHA


Tudo está a ser desenhado por um arquitecto.
Primeiro as casas, depois os homens. E só então
se define o leito de todas as mortes. Os pássaros
removem a palha por entre os tijolos, enquanto
o arquitecto olha para o espelho e revê a cidade
antiga. Como o reflexo acaba nas margens do vidro,
ele constrói para cima em direcção ao sol até que
os prédios ardam e as cinzas transformem o chão
numa cintura de veludo.

in... Do extremínio - JAIME ROCHA - Relógio D'Água

Site da editora aqui 

1 comentário:

  1. " Gosto e preciso de ti
    mas quero logo explicar...
    Não gosto porque preciso,
    preciso sim por gostar."

    (Mário Lago)

    Feliz semana com amor e poesia!


    OBS: Tem selinho aqui prá voce...Beijos!

    ResponderEliminar