Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Esfinge, falo - JOÃO MANUEL BRETES



Às vezes oiço-me
todas as palavras dizer:
fogo, céu, anos-sílex, ferro,
aroma, esfinge e falo.

Às vezes oiço o rumor
e tudo o que cria no poema:
ovo, lótus, cana, ilha.

Às vezes oiço vozes
à beira dos desertos,
sob a aridez da terra,
todas as palavras dizer.

in... Poeira - JOÃO MANUEL BRETES - Caminho

Site da editora aqui. 

Sem comentários:

Enviar um comentário