Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quinta-feira, 14 de junho de 2018

De poucas coisas...* - ALICE VIEIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR MANUEL MACHADO
Saibam da autora neste link

de poucas coisas tenho tanto medo como
das palavras escritas com maiúsculas
onde tudo fica subitamente igual
sem nada que as distinga e nos leve a dizer

esta faz parte do grito que larguei no cais
esta perdeu-se entre o oxigénio que não te salvou
esta enterrava-se entre a chuva com que me olhavas
esta vou largá-la no momento em que o padre
abandonar as flores que escondem o que foste

de poucas coisas tenho tanto medo como
dos móveis velhos a enterrarem no corredor
a poeira das ruas
que ainda restava do teu corpo
vivo

EM - OLHA-ME COMO QUEM CHOVE - ALICE VIEIRA - DOM QUIXOTE

Sem comentários:

Enviar um comentário